Animais

Pecuária brasileira: pecuária leiteira e gado corte

A pecuária brasileira ocupa lugar de destaque na produção mundial, sendo referência na produção de leite e produção de carne. A carne brasileira é considerada de primeira qualidade e a pecuária leiteira é vista como exemplo para muitos países criadores de gado leiteiro. A pecuária no Brasil se desenvolve em dois tipos de manejo: pecuária intensiva e pecuária extensiva.

 

Os dois tipos de manejo podem ocorrer de forma mesclada, sendo semi intensivo ou semi extensivo. Estes sistemas podem ser utilizados tanto na pecuária de corte, quanto na criação gado leiteiro.

 

No manejo intensivo , o gado corte e gado leiteiro  são criados em confinamento, ou seja, os animais são colocados em uma área restrita onde recebem água e a quantidade ideal de alimento, assim o ganho de peso é potencializado e acontece em menos tempo.

 

No manejo extensivo, o gado é criado em pasto. É o sistema mais utilizado no Brasil sendo mais indicado para a produção de carne bovina e é mais econômico que o confinamento.

 

A pecuaria brasileira é formada por um rebanho que tem como principais raças o gado nelore, gado gir e gado Brahman.

Confinamento de bovinos de corte

A pecuária de corte exige cuidados com o sistema de manejo para que o rebanho bovino tenha ganho de peso satisfatório. A melhor raça de gado de corte é raça de gado nelore, pois apresenta melhores índices de ganho de peso, que é a característica mais valorizada na criação de gado nelore.

 

O Brasil é dono do maior rebanho bovino do mundo e por isso, os criadores investem cada vez mais na criação de gado bovino e no aprimoramento da raça, sendo o melhoramento genético uma necessidade.

 

O sistema de manejo para a  criação de gado nelore é importante para que as características sejam desenvolvidas no menor espaço de tempo e com qualidade. Para isso, a criação de gado confinado é uma escolha inteligente, pois a criação de gado em confinamento oferece aos animais maior ganho de peso e os criadores tem mais controle sobre o rebanho. Este tipo de manejo é conhecido como sistema intensivo.

 

A venda de gado nelore pode ser feita em leilões em que os melhores exemplares da raça são ofertados. Para isso é importante ficar de olho na agenda leilões das melhores fazendas.

Ração para labrador

Labrador é uma das raças de cães mais populares da atualidade, estão presentes em muitos lares brasileiros. Sua docilidade, seu companheirismo e empatia com as crianças faz com que o desejo por ter um peludo dessa raça aumente a cada dia.

Ao adotar qualquer bichinho a principal de todas as dúvidas tem a ver com sua alimentação, afinal para que ele seja saudável, uma boa alimentação é fundamental. Portanto se você está em dúvida em como escolher a melhor ração para labrador, basta seguir as seguintes dicas.

Parece ser um bicho de sete cabeças, mas não é. Para escolher a melhor ração para labrador ou qualquer outra raça lembre-se dessas coisas:

Ração super premium ou ração premium especial: esses tipos de rações são as mais ricas em nutrientes e têm tudo que seu cãozinho precisa, tornando-se o alimento suficiente para que ele tenha uma vida saudável.

Porte do animal: o labrador é um cão de porte grande, opte por rações para esse porte. Afinal de acordo com o tamanho do animal suas necessidades nutricionais mudam.

Idade do animal: a fase da vida em que seu labrador se encontra também é um fator importante para a escolha da melhor ração. Em cada uma delas, os cães têm uma prioridade nutricional diferenciada.

Melhor ração para gato siamês

O gato siamês é uma raça de gatos muito conhecida e admirada por muita gente, sendo a raça mais popular do mundo. Não há quem não se encante por seus olhos azuis e pelagem cinza.

Escolher a melhor ração para gato siamês é fundamental para que seu gatinho tenha uma saúde impecável.

A alimentação com a melhor ração para gato siamês deixa a pelagem macia e brilhante, oferece todos os nutrientes necessários e evita o contágio de diversas doenças.

A ração mais indicada para gato siamês é a ração super Premium, ou ração premium especial, pois são mais ricas em proteínas animal, indispensável para felinos que são essencialmente carnívoros.

Poodle micro toy

O poodle micro toy é a menor variação da raça que existe, podendo chegar no máximo ao tamanho de 28 cm. São de temperamento dócil e muito apegados ao dono. É uma das raças de cachorro preferidas de quem mora em apartamento. E também é uma das poucas raças que podem chegar aos 18 anos de idade.

Para escolher a  melhor ração para poodle micro toy, você deve observar se ela é uma ração para cães de pequeno porte, para qual faixa etária ela é direcionada (filhote, adulto ou idoso) e se seu cãozinho possui alguma particularidade, como alguma doença, ou alergia, verifique os ingredientes da ração para cães.

Os melhores tipos de ração para escolher para seu poodle micro toy são as: Ração Premium Especial ou Ração Super Premium, pois são mais nutritivas devido a proteína contidas nelas serem de origem animal.

 

Melhor ração para pug

melhor ração para pug

 

Como escolher a melhor ração para pug? Essa é a pergunta mais frequente de donos que optaram por essa raça. Mas muito diferente do que os outros pensam, escolher uma ração para pug não é tão difícil.

Primeiramente você deve optar uma ração para cães de pequeno porte, posteriormente analise se ela está de acordo com a idade do seu cãozinho: filhote, adulto ou idoso e, é claro, procure por uma ração de qualidade, como uma ração super premium, ração premium especial ou ração natural.

 

Procurando ração para poodle? Clique no link:

Melhor ração para poodle

Melhor ração para Lhasa Apso

Quem resiste ao olhar amendoado e doce de um Lhasa Apso? Sem falar no seu pelo tão macio. Por isso ele é faz parte da escolha de muitas pessoas na hora de comprar um cãozinho.

Uma das principais preocupações quando a gente adota um novo amigo de 4 patas é a alimentação, pois ela que será a base para que ele tenha uma vida saudável. Mas qual seria a melhor ração para Lhasa Apso? Confira nossas dicas de como escolher a ração para cães mais apropriada para seu cãozinho.

O lhasa apso é um cão de porte pequeno, por isso a primeira observação que fazemos é essa: a ração para cães que estou levando é indicada para raças pequenas?

Posteriormente verifique se aquela ração é para a faixa etária do animal, que se divide em filhote (até 1 ano de idade), adulto (a partir de 1 ano de idade) e idoso (a partir dos 7 anos de idade). Cada idade e porte necessitam de nutrientes diferentes, por isso esses 2 primeiros passos são muito importantes.

Para o próximo passo, uma visita ao veterinário pode ser necessária, pois dependendo do estado de saúde de seu cão, ele pode precisar de uma alimentação diferenciada, com uma ração para cães especifica para sua doença em particular.

Seguindo estes passos, você poderá ter a certeza de que estará fazendo a escolha certa da ração para seu amiguinho, e garantindo a ele saúde e bem-estar.

Melhor ração para Golden Retriever

O Golden Retriever é uma das raças mais populares atualmente. É cada vez mais comum encontrar desses grandões amarelos por aí.

Se você tem ou pretende ter um cãozinho desses, já sabe qual é a melhor ração para Golden Retriever? Então fique atento às nossas dicas para escolher a alimentação mais adequada para seu amigão.

A raça Golden Retriever é uma raça grande, por isso, ao escolher a ração verifique se ela é uma ração para cães de grande porte. Depois observe se a ração é indicada para a faixa etária de seu cão. Esses passos são muito importantes, pois uma ração para cães de raças pequenas não supre todas as necessidades nutricionais de uma raça grande. Assim como cães filhotes, adultos e idosos possuem necessidades nutricionais diferentes também.

Além disso, é importante saber se seu cão possui alguma doença que sofra restrições na dieta, como diabetes canina, por exemplo, para que você opte por uma ração para cães específica para a doença em questão.

Comportamento dos gatos

Os gatos são animais mais discretos que os cães, mas não é por isso que eles não sentem o mesmo carinho, apenas tem uma maneira diferente de demonstrar. Por isso, para quem tem um felino em casa é essencial conhecer cada gesto dele, para saber exatamente o que ele quer dizer. Saiba mais sobre o comportamento dos gatos:

Os miados do gato podem dizer muitas coisas, como um cumprimento, fome, vontade de passear, com o tempo naturalmente o dono conhecerá cada um deles.

Quando os gatos ronronam quer dizer que estão felizes e satisfeitos, mas dependendo da situação pode ser dor também, apenas pela expressão do seu gato você saberá em quais das situações ele se encaixa.

Completamente diferente dos cães, quando os gatos balançam o rabo significa que estão impacientes ou irritados. Se os movimentos forem leves, significa que ele está curioso. Quando a cauda está para o alto, significa que o felino está de bom humor e, por fim, com o rabo entre as pernas e para baixo significa medo (apenas esse comportamento é parecido com os cães).

As orelhinhas dos gatos também podem indicar sentimentos: quando estão em pé significa tranquilidade, para trás e agachadas indicam medo ou ataque.

Quando o gato se esfrega na gente ou em algum objeto significa carinho, demarcação de território.

Para garantir que seu gatinho esteja sempre feliz cuide bem dele, oferecendo muito carinho, água fresca e uma ração para gatos que supra todas as suas necessidades nutricionais.

A escolha de uma boa ração para gatos influenciará muito no comportamento dele, já que parte da sua satisfação consiste em estar saudável e bem alimentado.

Viajar com cães

 

Pretende viajar mas não tem com quem deixar seu amiguinho de quatro patas? Não tem problema! É só leva-lo junto.

Isso mesmo! Viajar com seu cão junto pode ser a melhor solução deste problema, já que vocês não sentirão saudades um do outro e irão viver momentos e aventuras inesquecíveis.

A seguir listamos algumas dicas de como fazer uma viagem com cães tranquila e sem imprevistos:

-       Antes de tudo certifique que o hotel escolhido aceita animais.

-       Faça uma visita ao veterinário para saber se está tudo ok com a saúde de seu amigo e ele poderá viajar sem sustos.

-       Caso a viagem seja de carro, seu cãozinho deve ser acostumado a andar dentro do automóvel. Se ele não for, você deve prepará-lo com um período de adaptação ao veículo.

-       Se a viagem for de avião obtenha contato com a empresa aérea que você irá viajar para conhecer todos os seus procedimentos.

-       Para viagens internacionais com cães, procure o consulado do Brasil no país de destino para saber como proceder. Alguns países não aceitam animais de estimação.

-       Para que ele se sinta seguro, leve brinquedos e objetos que ele já esteja acostumado.

-       Faça paradas a cada duas ou três horas para que seu cão beba água e se “estique” um pouquinho.

-       Leve a ração para cães que ele já esteja acostumado a comer, já que não dá para prever se você encontrará a ração para cachorros com a qual ele está habituado com facilidade no local de destino.

Após seguir essas dicas é só aproveitar a viagem e se divertir pra valer com seu melhor amigo!

Alimentação mais saudável para cães

Assim como as pessoas devem procurar hábitos alimentares mais saudáveis, devem pensar da mesma forma quando se trata da alimentação para cães.

Muitas são as opções de rações para cães disponíveis no mercado, sendo que estas se adaptam a cada fase da vida de nossos amigos, desde as mais úmidas para filhotes, até as rações para cães secas, que possuem diversos sabores e a medida certa de nutrientes para o tamanho e porte administrados na dosagem diária recomendada.

Cães adultos normalmente se alimentam duas vezes ao dia. Mais que isso pode induzi-los à obesidade, o que leva o cachorro a uma série de problemas de saúde.

Outra coisa que ocorre com os cães adultos, é eles começarem a pedir comida caseira a seus donos. A menos que seja por recomendação de um veterinário, isso não deve ser feito, já que pode gerar distúrbios no trato gastrointestinal, tais como alergias alimentares.

Quando os cães tornam-se idosos – por volta dos 7 anos para os de grande/médio porte, e por volta dos 10 para os de pequeno porte-, a atenção em relação à alimentação deve ser ainda maior, já que estes cães estão com a saúde mais sensível, e a dentição também já não é a mesma. Assim, um cachorro idoso não consegue se alimentar caso a ração seja muito dura.

A ração para cães pode ser encontrada em formulações mais simples, com baixa quantidade de proteínas em sua composição, que são as mais baratas. Já a ração Super Premium, apresenta um custo mais elevado, mas apresenta também em contrapartida, maior quantidade de nutrientes, incluindo a medida certa de proteínas para seu cão. Vale ficar atento para a relação custo x benefício entre as rações para cães: se o cachorro está mais bem alimentado, ele comerá menos vezes ao dia, logo o investimento em uma ração de qualidade superior pode ser mais interessante.

Um cachorro bem alimentado é um cão mais saudável!

Diferença entre Ração Standard, Premium e Super Premium

Hoje em dia o mercado pet oferece a você inúmeras opções de rações para cão, mas é preciso levar em consideração as particularidades do seu pet na hora da escolha, como a idade e o peso. As rações, apesar de muitas, se classificam em três categorias: a Ração Standard, a Ração Premium e Ração Super Premium.

A Ração Standard são aquelas com o menor preço por quilo no mercado. Disponibilizam nutrientes com os níveis de proteínas adequados, atendendo as necessidades de um animal. São basicamente uma refeição como: arroz, feijão, salada e bife.

A Ração Premium é mais completa, com preço por quilo superior aos das rações Standard. Contém nível melhores de proteínas que facilitam na digestão. Fabricadas a partir de matérias-primas de alta qualidade quando comparadas as Standard. Geralmente possuem alguns suplementos em suas fórmulas, como os ácidos e graxos e ômega três, que é clinicamente comprovado na manutenção de pelagem bonita. Atendem bem as necessidades nutricionais dos pets.

A Ração Super Premium é considerada a “top de linha”, indicada para cães e gatos especiais. É como se fosse à alimentação que oferecemos a superatletas, com necessidades especiais para bom desempenho no esporte. São as de maior preço por quilo no mercado, elaborada com as melhores matérias-primas e com maior palatabilidade.

Você pode gostar:

Ração para gatos obesos

Por que escolher ração natural para cães

Qual a ração mais indicada para cães?

Ração para cães – qual escolher?

Essa pergunta está mais que presente no cotidiano de pessoas que tem um animalzinho em casa: qual ração escolher? Para isso, primeiro é preciso responder a alguns requisitos básicos, como por exemplo: porte físico e idade, patologias, especificidades e preferências do seu pet.

 

Os cães têm carências nutricionais diferentes das nossas. Se os alimentarmos com comidas caseiras, não estaremos dando a eles os ingredientes necessários para o seu metabolismo. A ração para cães é então, o tratamento mais adequado e indicado.

 

Cada fase de seu amigo pet merece uma ração para cães diferente. Enquanto filhotes, eles necessitam de nutrientes e substâncias que o auxiliem em seu crescimento e desenvolvimento. Mas já quando adultos, precisam então de condimentos que mantenham a sua saúde em forma.

 

A melhor ração para cães é então, aquela que atende todas as exigências de seu animal. A alimentação saudável para cães é imprescindível, pois o seu animal necessita de uma dieta balanceada e condimentada, de forma que atenda todas as suas obrigações. Portanto fique ligado nesses pré-requisitos para escolher a melhor ração para cães para seu animal.

 

Você pode gostar:

Ração Super Premium para cães

Ração para cães

Alimentação natural para cães

Produção de Leite

O leite é essencial para a vida humana. Levando esse fator em consideração, a produção de leite é importantíssima para a sociedade contemporânea. Para isso é necessário investir em raças de gado que deem resultado, tais como a Holandesa, Jersey e Gir-Leiteiro.

Para aumentar a quantidade de leite, é necessário investir em um sistema de produção de leite de qualidade. Além de investimentos na Genética Bovina. Quando falamos em Genética, não é somente em Inseminação Artificial e a Fertilização in Vitro (FIV), mas principalmente da seleção dos melhores exemplares.

O Gado Leiteiro precisa de um tratamento diferenciado. Saber como aumentar a produção de leite é o segredo dos grandes pecuaristas. Segredo esse que é desvendado por nutricionistas e veterinários, pois a alimentação é um dos fatores cruciais no aumento da produção de leite.

Outro ponto crucial é o manejo. Sendo que de nada adianta ter uma alimentação balanceada, se os empregados maltratarem os animais. Tanto a Pecuária de Corte, quanto a de Leite precisam de um manejo delicado. Porém, está cada vez mais difícil encontrar profissionais da área que sejam aptos a lidarem com animais de alta produção.

Uma boa saída dos pecuaristas é fornecer cursos de manejo para os empregados. Essa prática é uma saída para que seus animais aumentem a produção de leite. Além de treinar seus funcionários para melhorar os funcionários do meio rural.

 

Você pode gostar:

Vacas Gir-Leiteiro

Pecuária Brasileira

Gado de Leite 

 

Dieta Canina

Dieta Canina_Naturalis_Blog do Bié_Total Alimentos

A Dieta Canina é importantíssima para o desenvolvimento do cão. Muitas pessoas dão comida humana para cães, essa atitude é totalmente equivocada e pode fazer mal ao seu pet! Hoje em dia, existem as mais diversas rações para cães, que são balanceadas e equilibradas para o desenvolvimento do seu amigo.

Investir em alimentação canina é um dos principais quesitos antes de você adotar um cão. É importante frisar que os animais precisam de carinho, tempo e a melhor ração para cães. Por isso, antes de querer um cão, responda a seguinte pergunta: “Estou preparado para ter um cão?”. Se a resposta for sim, então você tem que estar disposto a investir tempo e dinheiro nos cuidados do seu cão.

Uma boa dica para a dieta canina são as rações naturais para cães e ração com frutas para cães. Ambas são feitas sem corantes e conservantes, o que as tornam ideais para uma alimentação equilibrada para seu amigo. Além de serem capazes de regular o intestino de seu pet.

O que preciso para adotar um cão?

O primeiro passo antes de adotar um cão é saber se você terá tempo e dinheiro para cuidar do dog, principalmente quando forem filhotes. O tempo está relacionado com a atenção e carinho. Já o dinheiro é para ração para cães e investimento para a saúde do seu companheiro.

Depois disso, você deve ter em mente qual raça de cachorro combina com a sua casa e seu estilo de vida. Se você for uma pessoa agitada, um cão esportista é recomendável. Agora, se você for sedentário e parado, é interessante que você procure uma raça mais calma.

 

Você pode gostar:

Ração para cães

Comida caseira para cães

Ração com frutas para cães

 

 

Go to Top