Posts tagged fertilização in vitro

Transferência de Embriões – O que é?

Transferência de Embriões consiste na técnica de transferir embriões saudáveis para mulheres que denomina-se receptoras. A transferência de embriões é utilizada nos casos onde a receptora possui algum problema de fertilização e reprodução.

O primeiro passo para a técnica de transferência de embriões é a aplicação de hormônios específicos na pessoa que sofrerá esse tipo de procedimento. Esses hormônios tem a finalidade de liberar vários óvulos ao invés de apenas um. Com o avanço da ciência é possível que casais que sofrem com o problema de infertilidade consigam obter êxito por intermédio de técnicas como a de transferência de embriões.

Como em toda gestação, o acompanhamento médico é fundamental para que tudo se mantenha dentro do planejado pela equipe médica que trabalhou em cima da transferência de embriões.

A técnica mais comum utilizada na transferência de embriões é a fertilização “in vitro”. Tal técnica baseia-se na estimulação dos ovários da mulher, por meio de hormônios destinados a este fim, tendo como objetivo desenvolver vários óvulos ao invés de um só. Em seguida ocorre a aspiração destes óvulos para a fertilização com os espermatozoides que foram colhidos do parceiro.

Após este procedimento, estes óvulos que foram unidos aos espermatozoides são encaminhados a estufas que simulam o organismo da mulher. Depois de aproximadamente três a cinco dias, são escolhidos os melhores embriões e assim ocorre a transferência de embriões para o útero da futura mãe.

A futura mãe deve ter cuidados, nos primeiros meses de gravidez, pois este procedimento de transferência de embriões é um pouco delicado e deve ter acompanhamento médico para que tudo ocorra bem ao longo da gestação.

Fertilização in Vitro – Procedimento de Reprodução Humana

A fertilização in vitro é um procedimento de reprodução humana assistida.  É feita através da colocação em laboratório de muitos espermatozoides ao redor de cada óvulo, para transformação de pré-embriões que serão colocados na cavidade uterina.

Essa técnica de reprodução humana assistida iniciou-se em 1978, quando nasceu o primeiro bebê de proveta, a inglesa Louise Brown, e desde então está realizando o sonho de muitos casais que possuem dificuldade de engravidar.

Os casais que procuram a técnica, geralmente são casais que possuem infertilidade masculina ou infertilidade feminina, por fatores imunológicos, ovariano, endometriose, entre outros.

Este procedimento é realizado em clínica ou laboratório de reprodução humana, por médicos especializados em reprodução humana.

 

 

 

 

 

 

Reprodução Humana – Causas da Infertilidade

Os casais que não conseguem engravidar naturalmente, geralmente recorrem às técnicas de reprodução humana. Entre os procedimentos de reprodução humana, o mais conhecido é a Fertilização In Vitro, entre outras que você pode conhecer clicando aqui.

A Fertilização In Vitroé a colocação de muitos espermatozoides ao redor de cada óvulo, procurando pré-embriões de boa qualidade que serão transferidos para o útero.

As dificuldades encontradas pelos casais podem ocorrer devido a diversos fatores como: infertilidade conjugalinfertilidade masculina ou infertilidade feminina.

 

É considerada infertilidade conjugal, a tentativa de engravidar sem sucesso do casal durante um ano, onde fatores são 50% femininos e 50% masculinos.

A infertilidade feminina divide-se em três grupos: fatores ovulatórios, fator tubário e endometriose. São diversos distúrbios hormonais que contribuem para a disfunção da ovulação.

 A infertilidade masculina dividida em várias categorias. Entre elas as mais frequentes são: Varicoceles (varizes escrotais), azoospermia não obstrutiva, azoospermia obstrutiva, problemas ejaculatórios.

Go to Top